Educação COLABORATIVO

Mestranda da Unipampa cria site colaborativo sobre São Borja

Projeto lançado recentemente reúne informações, contos e cultura da cidade.

09/05/2020 21h13 Atualizada há 3 semanas
Por: Augustho Soares
Francine produz projeto para seu mestrado em em Comunicação e Indústria Criativa. (Foto:Divulgação)
Francine produz projeto para seu mestrado em em Comunicação e Indústria Criativa. (Foto:Divulgação)

Uma espécie de biografia on-line da Terra dos Presidentes, o site Revista São Borja entrou no ar recentemente e aceita colaborações da comunidade para manutenção de seus conteúdos.

O projeto é desenvolvido pela mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Indústria Criativa (PPGCIC) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Francine Pujol, sob a orientação da professora Renata Corrêa Coutinho.

No portal estão reunidos dados demográficos, históricos e culturais da cidade, os quais são abordados com linguagem acessível e ilustrados por meio de imagens e infográficos. Além do mais, por meio do site é possível conhecer os pontos turísticos, os títulos oficiais do município e algumas de suas belezas naturais e culturais.

– O conteúdo mostra que a cidade tem muito a apresentar, uma história linda a ser contada e que pode ser relatada de uma forma criativa, colaborativa e que valoriza o que já foi produzido através da pesquisa e da curadoria de conteúdo – afirma Francine, que hoje mora em Novo Hamburgo.

 

Produção Acadêmica

Campus São Borja da Unipampa. (Foto:Divulgação)

De acordo com a mestranda, o projeto começou a ser planejado no primeiro semestre de 2019 e entrou no ar em março de 2020.

– Como nosso mestrado é profissional, no primeiro ano temos esta experiência de planejar e executar um projeto. Já no segundo ano, a gente reflete sobre o que produzimos em uma dissertação, nos moldes tradicionais de um curso de pós-graduação – explica.

Francine deixa claro que o portal tem como objetivo valorizar e promover sua terra natal, além de ser uma forma de demonstrar sua gratidão à comunidade local e ao meio acadêmico.

– Fazer um projeto para São Borja é uma forma de retribuir a oportunidade que estou tendo ao voltar à minha cidade natal para ter acesso a um curso de pós-graduação profissional gratuito e de alta qualidade, em uma grande instituição de ensino – revela.

Segundo a professora Renata Coutinho, o trabalho busca a construção de um novo olhar sobre o município.

– A proposta da Revista São Borja é a de agregar informações relevantes, capazes de potencializar uma imagem positiva entre os moradores e instigar potenciais turistas a conhecerem a cidade – destaca a orientadora.

 

Manutenção do portal

Logo do site. (Foto:Divulgação)

Boa parte do conteúdo da Revista São Borja já existia, mas estava ‘perdida’ pela web, no meio acadêmico ou apenas sob o domínio dos próprios autores.

A curadoria do site é feita pela própria Francine, com orientação de Renata. Porém, a iniciativa também conta com participação de outros pesquisadores, pessoas da comunidade, professores e estudantes da Unipampa, que colaboram com informações, fotos, textos e vídeos.

Ao ser questionada sobre sua intenção em continuar com o site após a conclusão do mestrado, Francine afirma que tudo depende da captação de recursos para manutenção do portal.

– Eu adoraria (continuar com o portal), mas, para isso eu precisaria rentabilizá-lo, para poder arcar com os custos de manutenção. Por enquanto, estou arcando com todos os custos, por ser um projeto pessoal meu. Mas, para poder dar continuidade, precisaria encará-lo como um projeto/atividade profissional – afirma a mestranda.

– Espero que a iniciativa pública e privada enxergue no projeto um start e que, de alguma forma, ele possa ter uma continuidade ou despertar novas formas de valorização da cidade com o uso da comunicação e da criatividade – conclui.

 

Como ajudar

Quem deseja saber mais sobre o projeto, pode acessar revistasaoborja.com.br ou seguir sua página no Facebook. Caso queira contribuir ou ter mais informações, o contato pode ser feito pelo e-mail [email protected] ou pelo WhatsApp (51) 99366-2607.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.