Sociedade SAÚDE

Expectativa de vida na região é maior que de 17 estados brasileiros

Mesmo entre as taxas mais baixas do Estado, Campanha e Fronteira Oeste superam estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil

12/05/2020 17h30 Atualizada há 1 mês
Por: Augustho Soares

Mesmo estando entre as três regiões com menor expectativa de vida no Rio Grande do Sul, as taxas na Campanha e na Fronteira Oeste superam as de 17 estados brasileiros.

Em estudo produzido pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), foi constatado que a Campanha Gaúcha, onde estão localizados Bagé e Dom Pedrito, é a com menor expectativa de vida entre as regiões dos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento do RS (Coredes).

Conforme os dados analisados pelo Departamento de Economia e Estatística da Seplag, relativos ao período entre 2016 e 2018, uma pessoa que nasce nesses municípios tem expectativa de viver em média 75,08 anos.

Já a Fronteira Oeste – onde estão Uruguaiana, Santana do Livramento, Alegrete, São Borja e São Gabriel – é a terceira região com com expectativa mais baixa no Estado (75,47 anos), estando logo a frente dos municípios do Corede Sul (75,13).

Campanha e Fronteira Oeste contam com mais de 116 mil pessoas idosas

Embora sejam inferiores à média gaúcha, estimada pela Seplag em 76,89 anos, as taxas destas regiões são superiores às de outros 17 estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste brasileiro, de acordo com pesquisa feita em 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além disso, os números na Campanha e Fronteira Oeste são superiores à média mundial, que é de 72,38 anos, conforme dados do World Bank Group (Grupo Banco Mundial).

 

Comparação entre regiões e Estados do Brasil

Santa Catarina – 79,4 anos

Espírito Santo – 78,5 anos

São Paulo – 78,5 anos

Rio Grande do Sul – 78 anos (IBGE 2017)*

Minas Gerais – 77,5 anos

Paraná – 77,4 anos

Rio Grande do Sul – 76,89 anos (Seplag 2018)*

Rio de Janeiro – 76,5 anos

Rio Grande do Norte – 76 anos

Mato Grosso do Sul – 75,8 anos

Fronteira Oeste – 75,47 anos

Campanha – 75,08 anos

Mato Grosso – 74,5 anos

Goiás – 74,3 anos

Pernambuco – 74,3 anos

Acre – 74,2 anos

Amapá – 74,2 anos

Ceará – 74,1 anos

Bahia – 73,7 anos

Tocantins – 73,7 anos

Paraíba – 73,5 anos

Sergipe – 72,9 anos

Pará – 72,3 anos

Amazonas – 72,1 anos

Alagoas – 72 anos

Roraima – 71,8 anos

Rondônia – 71,5 anos

Piauí – 71,2 anos

Maranhão – 70,9 anos

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.